1. Inicio
  2. Documentos
  3. Medidor Newatt
  4. Instalação
  5. Passo 1 – Identificação do local de instalação

Passo 1 – Identificação do local de instalação

Atenção: O multimedidor de energia deve ser instalado por um eletricista qualificado. A Newatt não se responsabiliza pelo não cumprimento das instruções. Leia nossos termos e condições de uso.

Em qualquer instalação elétrica, existem subdivisões para a distribuição da carga instalada. Podemos citar, como um exemplo mais simples, as instalações residenciais, em que, na maioria dos casos, existe somente um quadro de distribuição (QD) onde ficam os disjuntores.

Dentro do QD, chega um condutor do medidor da concessionária de energia e saem vários outros condutores para diferentes ambientes da casa, seja para iluminação ou tomada dos eletrodomésticos. No caso de instalações mais complexas, como em supermercados ou indústrias, a subdivisão vai conter vários quadros de distribuição para os setores existentes, o que cria ainda mais subníveis de distribuição das cargas elétricas.

Considerando essa distribuição dos circuitos, podemos considerar que qualquer condutor sai de um componente para chegar em outro componente da instalação elétrica. Como exemplo, podemos citar que um condutor pode:

  • entrar/sair do medidor da concessionária;
  • entrar/sair do disjuntor geral;
  • entrar/sair de um disjuntor no QD;
  • entrar em uma tomada para alimentar uma carga (uma geladeira, por exemplo).

 

Podemos, então, considerar esses condutores e suas respectivas conexões como possíveis PONTOS DE MEDIÇÃda instalação elétrica.

Os principais pontos de medição a serem considerados:

  • CHAVE GERAL: é o ponto de medição no condutor que conecta o medidor da concessionária ao disjuntor geral.
  • GERAÇÃO: quando houver instalação fotovoltaica ou outro tipo de microgeração, mede-se a saída do inversor de frequência.
  • SETOR: o setor é um ponto de medição da saída de um ou mais disjuntores. Por exemplo: cozinha, iluminação do pátio, sala de reunião.
  • EQUIPAMENTO: será medido um equipamento específico. Por exemplo: carro elétrico, geladeira, ar condicionado, motor elétrico. 

A partir dessas definições, já conseguimos fazer uma mínima análise do nosso local e identificar quais os principais pontos consumidores que devem ser monitorados pelo medidor de energia inteligente. O caso mais básico é a medição da CHAVE GERAL e alguns SETORES no quadro de distribuição.

O próximo passo é verificar as características elétricas dos pontos a serem monitorados para especificar qual medidor e sensores utilizaremos.

Este artigo foi útil para você? Sim Não

Como podemos ajudar?